.

É, eu sou um merda.

Esqueci de algumas prioridades da vida!

Eu perdi tanta coisa na vida por conta daquele pedaço de mim chamado orgulho, que acabei esquecendo das coisas que eu deveria não esquecer. Não pronuncio “eu te amo” quando for mentira, nem o farei, séria hipocrisia da minha parte falar isso da boca pra fora. São 3 pequenas palavras que significam demais. Mas quando digo, o digo. O sinto. O vejo. O percebo e fico feliz com isso.

Sou um daqueles caras que quando erram, não tentam concertar o erro por orgulho de admitir que estivesse errado. Talvez isso seja o grande problema em mim, e talvez eu demore a tentar concertar isso. Sou daqueles que quando não se vêm errados não fazem nada por isso, mesmo que seu subconsciente, em uma voz calma e leve, diga que você está errado. Deve ser por isso que eu escuto duas vozes na minha cabeça, aquela voz calma, e aquele roqueiro metido a sabichão e totalmente sem noção.

Cara, eu te peço desculpas porque eu errei. Errei quando não fiz o que deveria, e pior, quando deixei meu erro passar, vivendo no passado. Os erros me perseguem. Desculpas por tudo. Acho que tu não deveria, sinceramente, me desculpar. Eu fui um puta escroto, e cometi uma puta merda que, salvo engano, mudou tudo na minha vida. Tu tava ali quando eu precisei, e eu não fiz o mesmo. Talvez eu tenha pensando que você viria correndo atrás de mim, e eu calmamente ia seguindo com a vida, esperando você me alcançar. E hoje, sou eu que corro atrás do tempo perdido esperando que você me espere, ou pelo menos diminua o passo.


pra duas pessoas.

3 comentários:

gabs. disse...

Eu te desculpo por eles. ;D

Você devia trazer isso pra sua vida mesmo; ter a humildade de pedir desculpas é sempre digno.

Adorei esse bg xadrez *---*
:**

dear sarah disse...

só nunca perca a esperança de continuar lutando.

Kamilla Rodrigues disse...

vc n é uma merda, e eu lhe amo