.

Vamos pular a introdução. Ela é sempre chata, conta alguma coisa desnecessária e não serve de nada. Sempre tentando remediar algo irremediável. Não terá conclusão, digo de antemão, porque esta só será revelada no decorrer de toda uma caminhada longa, cansativa e – por vezes frustrada! O que terá como base será apenas o desenvolvimento, algo que pode ser o que o escritor queira que seja só depende dele. É ele que dirá qual o caminho por qual quer percorrer.

Por vezes ele erra, outras acerta fácil.


(às vezes nem eu entendo!)

3 comentários:

L. G. Melo - Site Oficial disse...

espero que tenhas entendido o que eu disse sobre esse texto
achei super legal
bem pensado e desenvolvido
sério
(:
bjo mics

Kamilla Rodrigues disse...

quase como uma redação. =P gostei Gzo. =*

Yishay disse...

Incrível.
:D